Feridas

Preview this deck

Definição de ferida 

Front

Star 0%
Star 0%
Star 0%
Star 0%
Star 0%

0.0

0 reviews

5
0
4
0
3
0
2
0
1
0

Active users

1

All-time users

1

Favorites

0

Last updated

6 months ago

Date created

Aug 25, 2020

Cards (38)

Feridas

(11 cards)

Definição de ferida 

Front

Ruptura estrutural e fisiologica do tegumento cutâneo, da membrana mucosa ou qualquer outra parte do corpo. Causada por agentes fisicos, químicos ou biológicos 

Back

O AGE pode ser usado para cobertura de quais feridas e onde mais? 

Front

Feridas com tecido de granulação, pele periferida e prevenção de LPP

 

pode ser usado em qualquer fase da cicatrizacao, mantem o meio úmido, promove angiogênese, acelera o processo de granulacso tecidual, auxilia no desbridamento autolitico e forma película protetora na pele 

Back

Funções da pele 

Front

Proteger, dar identidade, produzir vitamina D, cicatrizar feridas, absorver e excretar, comunicar, perceber, termorregular 

Back

Cite fatores que interferem na cicatrização 

Front
  • Psicossociais (estresse, ansiedade e depressão, tabagismo) 
  • Perfusão e oxigenacao cutânea diminuidas ou ausentes
  • Infeccao 
  • Idade 
  • Doencas crônicas (DM, HAS)
  • Aporte nutricional (desnutricao, obesidade) e hidratação (desidratação, edema)
  • Medicamentos 
  • Extensão e localização da ferida (ex feridas proximas ao anus) 
  • Estado imunológico 
  • Mobilidade do paciente 
  • Presença de corpo estranho 
  • Disturbios sistêmicos (choque hemorrágico, insuficiência renal, hipóxia,  sepse, acidose, doença hepatica- todos deprimem as funções celulares e assim afetam diretamente a cicatrização) 
Back

As feridas podem ser classificadas de diversas maneiras. São elas: 

 

Front
  • Etiologia (patológicas, iatrogenicas, intencionais ou cirúrgicas, contusas, lacerantes, perfurantes, cortocontusas, causadas por fatores externos como queimaduras, pressão e substâncias químicas ou biologicas
  • Evolucao (agudas ou crônicas
  • Complexidade (simples ou complexas)
  • Comprometimento tecidual (graus, estagios, abertas, fechadas)
  • Espessura (superficiais, profundas superficiais ou profundas totais)
  • Contaminacao/ infecção (limpas, limpas-contaminadas, contaminadas, infectadas)
Back

Existem 2 escalas mais utilizadas para predizer o desenvolvimento de LPP. A Escala de Norton e Braden (sendo que esta tem a para adultos, a Q para crianças e a Q para neonatos/infantil. 
Em ambas o menor score indica maior risco para desenvolver LPP. Porém na escala de Norton a pontuação que varia de W propoe 5 fatores de risco, sendo eles X. Já a escala de Braden tem pontuaca que varia de Y e possui 6 subescalas, sendo elas Z. 

Front

W. 5 a 20 

X. Condicao fisica, mental, atividade, mobilidade e incontinência 

Y. 6 a 23 pontos 

  • Z. Percepçao sensorial, umidade, atividade, mobilidade, nutrição, fricção e atrito 
Back

Qual o objetivo da cicatrizacao? 

Front

refonstruir funcionalmente e estruturalmente o tecido comprometido em sua plenitude

Back

Escala de Norton- pontuacoes 

4 (sendo nessa pontuacao a característica de cada fator preservada)

3 (função alterada com certo prejuizo)

2 (funcao prejudicada)

1 (função muito prejudicada) 

 

Sabendo disso de as pontuações de acordo com as classificacoes para os casos seguintes: 

 

A.B apresenta-se com boa condição física, um pouco apático em relação a condição mental, deambulante, com mobilidade no leito ligeiramente limitada e ocasionalmente apresenta incontinenclia urinaria. Qual sua pontuação nessa escala? 

Front

4 + 3 + 4 + 3 + 3 = 17. pontuações maiores de 14 são consideradas “risco mínimo ou sem risco” 

Back

Processo cicatricial passa por 3 fases, que dependem de energia e sao controladas por fatores de crescimento. Quais são elas e como se caracterizam? 

Front
  1. Fase inflamatória (0 a 3 dias)- também chamada exsudativa. Tem função de ativar o sist de coagulação e promover o desbridamento e defesa da ferida contra os patógenos
  2. Fase proliferativa (3 a 24 dias)- também chamada fibroblástica. Nela ocorre nessa ordem: Neoangiogenese (formacao de novos vasos), Fibroplastia (multiplicacao dos fibroblastos com deposicao de colageno), Epitelizacao (formação do tecido de granulacao) e Contração (migração das células epiteliais das margens da lesão para o centro) 
  3. Fase de maturação (Meses ou anos)- também chamada de remodelacao- o tecido formado é remodelado para voltar a ter sua função e estrutura 
     
Back

Qual cobertura pode ser usada nos casos de feridas com moderado a alto exsudato, com ou sem sangramentos, feridas cavitárias em geral, áreas doadoras de enxerto e desbridamento de pequenas áreas de necrose de liquefação? 

Front

Alginato de Cálcio 

Back

As feridas cicatrizam por diferentes intenções/ mecanismos, a depender de suas condições. 

A cicatrização por 1ª intenção ocorre em feridas realizadas de maneira 1., com um mínimo de destruicao tecidual e que são devidamente fechadas. Dessa maneira, tembem há pouca 2. e o tecido de 3. nao é visivel. Exemplo de feridas que cicatrizam assim são feridas operatórias 

 

A cicatrização por 2ª intenção ocorre nas feridas em que não é possível a 4. devido a 5. Com presença ou não de infecção. Dessa maneira, a conduta correta é 6. para que essa ferida se feche por meio de 7. e 8. Exceçao a isso são as feridas operatórias de 2ª intenção que devem 9
 

A cicatrização por 3ª intenção ocorre principalmente nas feridas 10. ou 11. Precisam de tratamento inicial para posteriormente haver 12. 

Front
  1. Asséptica 
  2. Reação tecidual 
  3. Granulação 
  4. Aproximacao primária das bordas 
  5. Perda tecidual excessiva 
  6. Deixar a ferida aberta 
  7. Contração 
  8. Epitelizacao 
  9. Serem cobertas para manter a umidade no leito da ferida 
  10. Expostas a infecção 
  11. Disppositivos médicos como drenos 
  12. Aproximaçao cirurgica das bordas 
Back

Semiologia

(13 cards)

Descreva a respiração de Cheyne Stokes 

Front

respiracao de Cheyne Stokes. inicia com uma respiração dispnei, depois uma respiração supercial seguida de uma apneia de 40 a 60 seg e respiração aumentando gradativamente de amplitude e depois diminuindo 

Back

A respiração de Kussmau, também chamada de 1. Ou 2. É caracterizada por inspiração profunda e ruidosa seguida de uma breve pausa e expiracao rápida. quais as 2 grandes causas dessa apresentacao? 

Front
  1. grande 
  2. acidótica 

 

ocorre na maior parte por cetoacidose diabética ou insuficiencia renal 

Back

no exame físico do abdômen a busca por anormalidades é feita por alguns testes/sinais. quais podem ser feitos no lado direito e o que indicam? 

 

Front

Murphy- palpacao do hipocôndrio direito. se dor é positivo e indica quadro de colecistite.

 

blumberg- descompressão Dolorosa. maos em garra, no umbigo, desloca obliquamente pro lado direito, afunda e solta rápido. Se for pode ser apêndice vermiforme, inflamacao do peritônio. 
 

sinal do obturador- rotação interna da coxa direita fletida dor no hipogástrico evidência inflamação do assoalho pélvico, ex apendicite aguda 

Back

Pra que servem os sinais vitais? 

Front

Monitorar a condição do paciente de modo eficiente e rápido para identificar problemas e/ou avaliar sua resposta a uma intervenção 

Back

Em que momentos os Sinais Vitais devem ser aferidos? 

Front

Na admissao 

Avaliacao em visitas domiciliares 

Em esquema de rotina do serviço 

Antes e depois de procedimentos cirurgicos 

Antes, durante e depois dé uma transfusão de sangue e hemoderivados

Antes, durante e depois da adm de medicamentos 

Quando as condições fisicas do paciente sao alteradas 

Antes e depois de intervenções de enf que influenciam os sinais vitais 

Quando o paciente informa sintomas inespecíficos de aflição física 

 

Back

A febre ou pirexia é o resultado de 1. Mais 2. E sempre é indício de doença (Infecção, inflamação ou traumas) Já a hipertermia é 3. E pode ser fisiológica como durante a pratica de exercícios físicos 

Front
  1. Aumento da temperatura corporal 
  2. Aumento no ponto de ajuste hipotalâmico 
  3. aumento da temp corporal SEM alteracao do ponto de ajuste 
Back

Que outros testes podem ser feitos independente do lado no EF do abs?

Front

Piparote- se o peteleco chega ao outro lado pode evidenciar ascite. 
 

Giordano- percussao em punho na lombar evidência alteracao renal

Back

Como se explica a equacao: DC = FC x VSE

Front

O Debito Cardíaco é uma resultante da ação do sistema nervoso autonomo sobre a Pré-carga e a Contratilidade cardiacas. essas por sua vez influenciam no Volume Sistolico Ejetado e este na Pós-Carga. Tudo isso também se relaciona com o diâmetro dos grandes vasos, a abertura e complacencia das valvas e a resistencia vascular. a Pre carga também depende do retorno venosos, complacencia ventricular é lei de frank Starling. Tudo isso vezes a frequência cardíaca me dá o Debito Cardíaco que é o volume de sangue bombeado por minuto 

Back

Que manobras no EF do abdomen podem ser feitas do lado esquerdo e o que evidenciam? 

Front

blumberg- igual do Direito só que no Esquerdo para detectar fecalomas 

 

Rosving- palpacao profunda no QIE se a dor irradia pro QID evidencia apendicite 

Back

A respiracao que se caracteriza por apneias de 10 a 30seg Seguidas de respirações com tempos irregulares é.. 

 

Front

Respiração de Biot ou Atáxica, acusada por opioides, derrame e lesões bulbares 

Back

Existem 2 formas de limpeza de uma unidade: a concorrente e a terminal. Qual a diferenca entre as duas? 
 

Front

A limpeza concorrente é aquela realizada diariamente na cama e nos mobiliários com alcool 70% 

Ja a terminal é a limpeza de todos os equipamentos e mobiliários 1º com água e sabao e depois desinfecção com álcool a 70% para proceder ao preparo do leito. É realizada quando o paciente recebe alta, falece, é transferido ou encaminhado para cirurgia ou uma vez por semana se o mesmo continuar internado. 

Back

Como funciona a regulação termica? 

Front

Núcleo pré-optico do hipotalamo pega as informações dos centros independentes, junta e informa ao corpo que o limiar térmico basal é X e por isso a temperatura deve se manter ali. Nele também existem neurônios sensíveis que vão analisar a temperatura e avisar se precisa aumenta-lá ou abaixá-la. ex: se frio provocara vasoconstrição periférica, pioereçao, diminuicao da sudorese, etc 

Back

A PÁ é determinada por quais fatores? 

Front

debito cardíaco E resistência vascular periferica 

Back

Técnicas mais usadas

(14 cards)

Existem 2 modos de administração de NP: a periférica (NPP) e a central (NPC). Quais as diferenças entre as duas?

Front

NPP: adm. via periférica de soluções com osmolaridade até 900mOsm/L, as fórmulas nao são nutricionalmente completas devido ao menor teor de glicose, geralmente é prescrita para suplementar a ingesta oral e sua duração usal é de 5 a 7 dias. 

 

NPC: adm via veia central de grosso calibre e alto fluxo sanguíneo (o que dilui mais rapidamente os nutrientes), como veias subclávias e jugulares (femoral CONTRA INDICADA, risco de infecção) e solucoes com osmolaridade >700mOsm/L

Back

Acerca da sondagem vesical de alívio diga quais são as indicações 

Front

Aliviar o desconforto da distensão da bexiga

Obter amostra de urIná estéril quando não for possível obter amostras de urina limpa

avaliar a urina residual após a micção 

tratamento em longo prazo de pacientes com lesões da medula espinhal

Quando há degenacao neuromuscular ou bexigas incompetentes a longo prazo 

 

Pode ser usado quantas vezes preciso, mas a cada inserção aumenta-se o risco de trauma e infeccao 

 

Back

A Nutrição Parenteral é a administração via venosa de solução ou emulsao composta de carbo, aminoácidos, lipídios, vitaminas e minerais, esteril e apirogênica para

melhorar o estado nutricional 

estabelecer um balanço nitrogenado positivo

manter a massa muscular

  1. promover a manutenção ou ganho de peso e estimular o processo de cicatrizacao de um paciente. Quais as indicações para Nutriçao Parenteral? 
Front
  1. incapacidade de ingerir uma quantidade adequada de alimento ou líquido VO dentro de 7 dias 
  2. capacidade comprometida de absorver alimentos VO ou enteral
  3. paciente não deseja ou não consegue ingerir nutrientes adequados VO ou enteral 
  4. necessidades pré e pós operatorias prolongadas 
Back

Quais sao as indicações para cateterismo vesical de demora? 

Front

Em casos de obstrução do fluxo de urina (aumento da próstata) 

Reparo cirúrgico da bexiga, útero e das estruturas subjacentes 

Prevenção de obstrução uretral por calculos depois de cirurgia geniturinária 

medir debito urinario em pacientes em estado crítico

irrigacoes contínuas ou intermitentes de bexiga 

Back

Qual o material usado nas sondagens nasoenterais e qual a técnica de confirmacao do posicionamento adequada? 

Front

Poliuretano ou silicone por serem mais resistentes ao suco gastrico. E o método de ouro para confirmacao do posicionamento é o RAIO X 

Back

Quais as possiveis complicacoes de uma sondagem? 

Front

Desidratacao hiperosmolar

Diarreia ou constipacao 

colica abdominal 

náuseas e vômitos 

Oclusao da sonda

Deslocamento da sonda 

trauma 

esvaziamento gastrico retardado 

desequilíbrio eletrolítico 

sobrecarga de fluidos e 

aspiração pulmonar 

 

 

Back

acerca das demais recomendações para a NP julgue os itens: 

  1. As soluções de NP são iniciadas lentamente e avançadas gradualmente a cada dia até a velocidade desejada, conforme a tolerancia do paciente aos líquidos e à glicose. Essa administraçao pode ser in bolus
  2. Num período de 24h pode ser administrado no máximo um total de 3L
  3. Para fazer o ”desmame” a soluçao de NP é descontinuada gradualmente
  4. Deve-se trocar o equipo de infusão a cada 72h 
  5. Pôde-se utilizar o mesmo acesso venoso da NP para outros fins 
  6. Se o paciente apresentar pirogenia interrompe-se a administração da NP
  7. Se NP interrompida abruptamente deve-se infundir glicose 1 a 2h depois para evitar a hipoglicemia de rebote
  8. Deve-se instalar soro glicosado a 10% acima de 120mL/hora na 1ª hora de infusão de NP
Front
  1. Falso, apenas a segunda parte. A Infusao deve ser por BOMBA com EQUIPO APROPRIADO e em Temp AMBIENTE 
  2. Verdadeiro! pode ser administrado um total de 1 a 3L em 24h
  3. Verdadeiro! para possibilitar ao paciente ajustar-se aos níveis reduzidos de glicose
  4. Falso! Deve se trocar o equipo de infusão a CADA 24HORAS! e REGISTRAR A DATA DA TROCA 
  5. Falso!! Deve-se manter acesso venoso EXCLUSIVO para infusão da NP
  6. Verdadeiro 
  7. Verdadeiro 
  8. Verdadeiro
Back

Acerca dos cateterismos vesicais Julgue os itens: 

  1. segundo a Resolução do Cofen 450/2013 qualquer profissional da equipe de enfermagem pode realizar esse procedimento 
  2. pode-se utilizar qualquer água, inclusive filtrada para inflar o balão do cateter 
  3. o sistema deve se manter sempre fechado para evitar infecções 
  4. a bolsa coletora deve ser esvaziada regularmente 
  5. o cateter não deve ser fixado na pele para que não ocorra tração a movimentação 
  6. a bolsa coletora deve ser mantida sempre abaixo do nível da bexiga para evitar refluxo de urina 
  7. quando houver desconexao, quebra da técnica asséptica ou vazamentos todo o sistema precisa ser trocado
  8. pacientes em uso de sonda de demora devem ingerir menos de 2000mL/ dia de água para evitar sobrecarregar os rins 
  9. a higiene do meato uretral com solução asseptica é indicada 
  10. Nao é necessário fechar o cateter antes de removelo 
Front
  1. Falso! segundo essa resolucao o cateterismo é atividade PRIVATIVA DO ENFERMEIRO
  2. Falso! Utilizar apenas água estéril para inflar o balao
  3. Verdadeiro 
  4. verdadeiro. além disso usar um recipiente coletor individual e evitar o contato do tubo de drenagem com o recipiente coletor 
  5. Falso! O cateter deve ser fixado corretamente a pele de modo seguro e que nao permita tracao ou movimento 
  6. Verdadeiro
  7. Verdadeiro 
  8. Falso! pacientes em uso de sondagem devem ter ingesta hídrica de 2000 a 2500mL/dia  
  9. a higiene do meato com solução asséptica é desnecessária, mas a higiene rotineira está indicada 
  10. Verdadeiro 
Back

Quais as possíveis complicacoes de uma sondagem vesical 

 

Front

Infecção do trato urinario

lesao uretral e bexiga

obstrucao do cateter 

infeccao periunrinária localizada

calculo renal

carcinoma epidermoide 

Back

cite 3 cuidados basicos de enfermagem com a SNE

Front
  1. confirmar o posicionamento da sonda com ausculta epigástrica antes de infundir a dieta. OBS: nao se faz mais o ”teste do copo” colocar a ponta da sonda em um Copo dágua pois se ela estiver inserida erroneamente no trato respiratório inferior não obedecera o preceito de sair as bolhinhas 
  2. manter a fixacao da sonda e demarcação da porção da extremidade Mais proximal da narina 
  3. lavar a sonda com SF 0,9% ou água vi destilada após a adm de dieta
     
Back

Quando a sondagem gastrintestinal está indicada?

Front

Quando o paciente não é capaz de ingerir alimentos mas ainda é capaz de digeri-los e absorver os nutrientes provenientes deles 

 

tambem para coleta de conteúdos gástricos para análise, lavagem gástrica, aspiracao de secreções gástricas, administração de medicam e nutrientes e investigação e tratamento do sangramento gastrointestinal superior 

Back

Quais as contra indicações da SVD?

 

Front

Descentralização da prostata 

uretrorragia 

hematoma, equimose e edema em períneo 

hipertrofia prostática

prostatite

uretrite

citostomia

Back

Explique as formas de se inserir sondas de alimentação 

Front

Nariz: nasogástrica ou nasoenterica 

Cirurgicamente: gastrostomia ou jejunostomia 

Endoscopicamente: gastrostomia endoscopia percutâne (GEP) ou Jejunostomia Endoscópica Percutanea (JEG) 

Back

Quais as possíveis complicacoes de uma NP?

Front

Sepse 

Hiperglicemia 

Hipoglicemia de rebote (fraqueza, desmaio, sudorese, tremores, sensação de frio, confusao mental e taquicardia)

Sobrecarga de liquidos

Pneumotorax

Embolia gasosa

Cateter obstruído ou deslocado

Back